A Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de Castelo Branco realiza, nos dias 4 e 5 de abril, o V Congresso Cuidar e Qualidade de Vida (CQVida 2019).
Com o tema “O idoso: Cuidados multifocais em tempo de senescer”, o V Congresso Cuidar e Qualidade de Vida é organizado no âmbito da área científica de Enfermagem e vocacionado para estudantes e profissionais de saúde e educação com interesse técnico e científico no tema.  O Congresso tem por objetivo, a partilha de conhecimento e experiências relacionadas com a antecipação como estratégia de cuidar da pessoa à medida que envelhece.

Do programa de dia 4 de abril, que decorre nas instalações da ESALD-IPCB, consta a sessão solene de abertura, a realização de workshops, comunicações livres orais e a conferência “Vulnerabilidades e desafios sociais: reflexões sobre maus tratos nos Idosos” com a Professora Doutora Rosa Martins.

No dia 5 de abril, as intervenções temáticas realizam-se no auditório da Escola Superior de Tecnologia do IPCB, com convidados de renome e profissionais da área.
No período da manhã do segundo dia do Congresso, destaca-se a conferência do Professor João Apóstolo, com o tema “Literacia em saúde e a sua importância para o envelhecimento na perspetiva dos diferentes stakeholders”.
O programa da manhã seguirá com a Mesa Redonda “Gerir as múltiplas condições crónicas e perspetivar a melhoria e eficácia da prestação dos cuidados” onde serão abordados os temas “Determinantes do Envelhecimento Ativo” (Professor Doutor Carlos Manuel Leitão Maia); “Prevenção de quedas na comunidade” (Enfermeira Ana Isabel Henriques); “Necessidades de auto cuidado da pessoa dependente e capacidade dos cuidadores informais” (Professora Doutora Maria dos Anjos Dixe) e “Manutenção e recuperação das capacidades funcionais do idoso” (Enfermeira Luísa Margarida Pereira Coelho).
No período da tarde, decorrerá a Mesa Redonda “Idosos frágeis e muito frágeis: Desafios para cuidar” com os temas “Fragilidade nos idosos. Conceito e repercussões nos cuidados” (Professora Doutora Gorete Reis); “Dependência Mental: Demências” (Professor Doutor Carlos Sequeira); “Reminiscência nos idosos institucionalizados” (Enfermeira Teresa Silveira Lopes) e “Multidisciplinaridade em contexto de UCC” (Enfermeira Maria Odete Vicente).

A conferência de encerramento “Doença avançada e fim de vida: Dilemas éticos e alternativas políticas” será da responsabilidade do Professor Doutor Manuel Lopes.

Todas as mesas redondas terão como moderadores docentes da àrea científica de Enfermagem e enfermeiros de Instituições com quem a ESALD-IPCB mantém relações de parceria.